Guananira

R$35,00 R$30,00

Dois traçados se fundem nas vinte e cinco crônicas deste livro: aquele que vaga por um centro mítico da cidade, através de uma memória solar, e aquele que desvela o coração de pedra da Ilha. Ambos encenados como já vividos. Nos dois casos, zanzar por estes territórios ou a eles tornar se misturam, muitas e tantas vezes, de forma infinita.

Por isso, talvez, esse estar sobre a Cidade/Ilha do Mel modele esta espécie de efeito de movimento no tempo e no espaço, doce e ardente a uma só vez. Tudo se passa como se a matéria que conforma Guananira/Vitória fosse sendo construída na atmosfera que atravessa a cartografia de um intenso labirinto de afetos. 

REF: 01 Categorias: , Tags: ,

Brasil

Bernadette Lyra

Nasceu em Conceição da Barra/ES. Escritora com prêmios literários obtidos por todo o país. Tem trabalhos em antologias, revistas e jornais do Brasil e do exterior. Alguns livros de ficção publicados: Memórias das ruínas de Creta (1997, 2ª ed. 2018); Tormentos ocasionais (1998); O parque das felicidades (2009); A capitoa (2014); Água salobra (2017); Ulpiana (2019). Como pesquisadora de cinema publicou O jogo dos filmes (2018) entre outras obras.

Mal comecei a ler, e já me apaixonei! ❤️❤️❤️

Lucas Wingler - @winglerl

Uma mulher do norte, forte, que adorei conhecer!

Fernanda - @fernandabraumer

E, de fato e de direito, o "Guananira", da mestra, primeira dama da nossa literatura, inspiradora amiga Bernadette Lyra se colocou em primeiro lugar na minha fila de leitura (13 por ler). Viajando pela nossa Guananira/Ilha/Cidade do Mel/Vitória. Delicia de leitura. Dê livro de presente neste Natal! Bernadette Lyra

Manoel Goes - @manoelgoes

Última leitura de 2019: “Guananira”, de Bernadette Lyra. Que delícia desfrutar das crônicas da dama da literatura capixaba sobre o Centro de Vitória! Conduzido pela memória afetiva da autora, o leitor é convidado a fazer um agradável passeio pelas ruelas, escadarias, igrejas, casarões, bares e calçadas do Centro, com escalas no Porto, no Parque Moscoso, no Penedo, no antigo Colégio do Carmo e nos personagens que habitam este pedaço de chão tão amado por todos nós capixabas. E, como o Espírito Santo é celeiro de grandes cronistas, Bernadette Lyra cumpre com louvor o desafio maior desse gênero literário, que é o de transmitir ao leitor o espírito do tempo por meio das palavras - no seu caso, elencadas com doçura e encantamento. Victor Gentilli Grande dica para abrir 2020!! Valeu, José Roberto! Parabéns, Bernadette Lyra!!

José Roberto Santos Neves - @JoséRobertoSantosNeves

Descrição

“Está sempre tão vestida de sol que, mais que uma cidade, parece uma pequena oferenda dos deuses, acesa na beira do mar. Pode-se chamar por Vitória ou por Guananira, que ela responde. Uma de suas propriedades é trocar de nome, mal se cruzam as fronteiras do tempo, do bom senso e da imaginação.”

Informação adicional

Peso 300 kg
Dimensões 07 × 14 × 21 cm
Acabamento

Brochura com Orelha

Formato

14×21 cm

Páginas

124 p.

Lançamento

2019

ISBN

978-85-906623-9-6

Selo

Maré / a lápis

Editor

Gelson Santana / Gustavo Binda

Produção gráfica

Mauro Teles

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Guananira”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

Alameda dos Guatás, 234 55 11 9.5828-0324 editoraalapis@gmail.com
Receba nossas promoções
Ler é divertido e proporciona prazer, além de cultura e conhecimento!